Outros jeitos de manter contato

Hoje em dia estar presente nas redes sociais é praticamente 'obrigatório', mas a gente sabe também que estar online nem sempre é tão bom ou saudável. Nossa saúde mental que o diga! Além disso, os algoritmos dessas redes nunca mostram exatamente todo o conteúdo das pessoas ou marcas que seguimos. 

Por isso, para não corremos o risco de nos tornamos reféns das regras de uma rede social, é importante se inscrever de outras maneira. Se você é como eu, gosta de determinado assunto ou artista e se predispôs a seguir para ver seu conteúdo, o que você quer é: ver o conteúdo.

Uma alternativa boa às redes sociais é Newsletter ou o Telegram. Você conhece?

A Newsletter é mais antiguinha. Basicamente, você se inscreve para fazer parte de uma lista de emails e então, passa a receber os emails que aquela artista ou empresa envia para você. E se em algum momento você não se interessar mais pelo assunto, pode se desinscrever. A vantagem da newsletter é que uma vez inscrito é certeza de que irá receber o email. Diferente das redes sociais que escolhem através de algoritmos o que eles consideram relevante ou não para mostrar a você.

Se você quer se inscrever na minha newsletter, clique aqui.

Já o Telegram é um Whatsapp melhorado, na minha opinião. Nesse app é possível criar grupos, chats ou canais. No meu caso, tenho um canal, onde compartilho minhas novidades. Nesse canal, as pessoas não podem conversar (dessa forma, você receberá somente mensagens minhas) e seus dados são privados. Ninguém saberá que está no canal e nem poderá contatar você. É super seguro! É um jeito fácil de você manter contato com artistas e pessoas que você gosta e quer receber conteúdo.

Se você quer se juntar ao meu canal do Telegram, clique aqui.

Sobre a minha presença nas redes sociais: ainda mantenho meus perfis públicos no Instagram (onde estou mais presente), Facebook (que agoniza até sua morte), Youtube (o meu canal é desatualizado que só), mas vai ser ótimo ter você nesses outros canais seguros e diretos, como newsletter e telegram. Se inscreva já!

Comentários