Nos bastidores: Por que escrevi "O canto do cisne"

Alguns me perguntam, outros apenas especulam. Isso por que o livro é com-ple-ta-men-te diferente de "Eterna: o som do amor". Bastou para gerar surpresa e confusão na cabeça de muita gente que me conheceu através da escrita sofrida e minuciosa de Eterna.

Escrevi O canto do cisne porque queria - e precisava - me distrair um pouco, das obrigações, das expectativas, de outros escritos e leituras mais pesadas. O canto do cisne é um livro leve e divertido, cheio de humor, mas também com uma pitada de drama e temas sérios - por que, né, minha marca registrada! Hehe! - Escrevi O canto do cisne por que queria me divertir, rir um pouco e me emocionar sem ficar com o coração aos pedaços como foi com Eterna que é leitura para os fortes, já vou avisando!

Escrevi O canto do cisne antes de escrever a história do Pedro (amigo de Bernardo em Eterna) e que por ter se tornado o queridinho das leitoras vai ganhar um livro só dele em breve!

Se preparem que vem emoções fortes por aí!

Beijo.
Bia.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Contos de Fadas Africanos

Metamorfose

Encontro com Bernardo Milano